quarta-feira, 31 de março de 2010

Liberdade

Liberdade, esse bem essencial com que acordamos todos os dias e ao qual muitas vezes não damos o devido valor. Quem nasceu no meio dela, talvez não saiba dar  valor ao que outros passaram para que hoje possamos falar do que quisermos, com quem quisermos.


Aproveitar esse bem é também uma forma de prestarmos homenagem a quem o conseguiu. Não nos alhearmos do mundo, fazer o que gostamos com prazer, não nos deixarmos influenciar por outras coisas senão a procura do nosso bem estar e do daqueles que nos rodeiam, e lutar por aquilo que pensamos ser o melhor para todos. Pensamos...porque também podemos estar errados, mas isso faz parte da maravilha que é ser livre.

Amar, respeitar, ouvir, falar, criticar e sobretudo partilhar o nosso modo de ver o mundo para darmos um pouco de nós e recebermos um pouco dos outros.
 
Excerto do texto liberdade, publicado no devaneiosdeloucura.blogspot.com a 9/01/2010
 
E todos os dias isto é importante, gosto de lembrar que a nossa liberdade acaba onde começa a liberdade dos outros, respeitar os direitos fundamentais de cada um e sobretudo as suas ideias é a meu ver um principio básico.
 

7 comentários:

  1. Interessante você falar de Liberdade hoje. Nesta que é a data que lembra a chamada Revolução de 1964, que mergulhou o Brasil em 20 anos de Ditadura. É muito importante falar de Liberdade e, mais, da maneira como foi colocado. Não devemos nos esquecer daqueles que a conquistaram para nós. Logo mais, 25/4 é a hora de reverenciar aqueles que fizeram cessar 48 anos de Ditadura em Portugal. E usemos cravos na lapela.

    ResponderExcluir
  2. Liberdade é um direito fundamental, uma garantia constitucional, mas, como tudo na vida, ele deve ser mitigado e interpretado observando outros princípios como o da função social, da solidariedade, da dignidade da pessoa humana, da democracia, da alternância no poder, da inclusão social etc. Resumo da ópera, o direito à liberdade não é pleno e irrestrito.

    ResponderExcluir
  3. Como tudo, a liberdade exige bom senso.

    ResponderExcluir
  4. exactamente bipede e é muito triste quando isso não acontece

    ResponderExcluir
  5. Também acho que fico muito melhor assim ;)

    ResponderExcluir