segunda-feira, 10 de maio de 2010

SOLITUDE By Rodrigo Leão....






Hoje é segunda...

É uma segunda que me apetecia escrever...

Mas deixar um post em branco....

Porque é uma segunda em branco...branca de sentido...branca de vontades... branca de sentimentos...

Hoje estou com aqueles selos de Frágil, como um dos posts da semana passada...

Hoje estou branca.... em branco...

Não me façam perguntas difíceis...

Não queiram ter longas conversas...

Deixem-me estar... em branco... quieta... muda... frágil... cansada...

É efémero...o branco...

Mas é... e é hoje...

Me desculpem...





12 comentários:

  1. Linda a Segunda em Brano..e a música da Rodrigo Leão

    ResponderExcluir
  2. Desculpas não são necessárias, todos temos nossos dias assim... Por que queremos? Não. Simplesmente por sermos humanos.

    Espero que o dia vá se colorindo, e que termine com sua cor preferida.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Sinto-me como tu, só que desde ontem.

    ResponderExcluir
  4. Também eu Bípede... Mas ontem meu desabafo foi no meu blogue... para não carregar a todos!!!!
    Mas como disse, é efémero.
    Mil beijos...seus comentários são sempre um presente...

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Angel... seus comentários vem empre adoçar esses dias brancos...

    Beijos...

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Anônimo...se nos aprofundarmos em Rodrigo leão... nunca mais saímos lá de dento... é um afogamento saudável... que nos faz respirar melhor...

    ResponderExcluir
  7. Aqui é o Guilherme! Muito obrigado! Temos muita estima por você! Muito cultural seu post! O vídeo sobre o Rodrigo Leão é muito bom. Gosto de música instrumental! Um gramde abraço!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada Guilherme... Obrigada pela estima, pelos elogios... e Ouça Rodrigo Leão que vais adorar...

    ResponderExcluir
  9. Somente agora consegui ouvir a música. Belíssima.

    ResponderExcluir
  10. Não é? Se fores ao You Tube descobrirás Rofrigo Leão. Ele era dos Madredeus, e agora continua a compor e tocar, mass coloca outros artistas a cantar suas canções... todas as músicas, todos os álbuns, são um mergulho perfeito...
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Prisca, sua colocação me fez lembrar de certos Poemas de Chico Buarque de Holanda. Deixei lá no Orkut para você um deles em branco e preto.
    Ah! Confusões,como aspiral, quando chega a segunda-feira (real)! Ou como diz nosso Mário:

    Escadas de caracol
    Sempre
    São misteriosas: conturbam...
    Quandas as desce, a gente
    Se desparafusa...
    Quando a gente as sobe
    Se parafusa
    (...)
    Mário Quintana
    Só faltou colocar que sempre ocorre na segunda-feira...
    Com amor e carinho,
    Silvia

    ResponderExcluir
  12. calha a todos essa coisa do frágil!
    mas essa música faz milagres :)
    bjo

    ResponderExcluir