sábado, 21 de abril de 2012

Alegoria




cores canoras dores silentes
azul da Prússia, pata de gazela
rabo de peixe, cavalo montês
malmequer não tequero palavra
decantada no canto da ema

Ouço passos...silêncio na selva:
 cio da Terra desolada manhã outonal
olhos de pantera, crina leonina
serpenteando solo úmido e pantanoso.
Um navio-fantasma encalhado
no porto à espera de
passageiros sonhos!

4 comentários:

  1. Lindo!


    http://placequotehere.blogspot.pt/2012/04/stranded-in-forest.html

    ResponderExcluir
  2. Pintura marinha olhada pelo lado de dentro.

    ResponderExcluir
  3. é só embarcar, o sonho e nós

    beijo

    ResponderExcluir