sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Flores do Mais

Devagar escreva

uma primeira letra

escreva

nas imediações construídas

pelos furacões;

devagar meça

a primeira pássara

bisonha que

riscar

o pano de boca

aberto

sobre os vendavais;

devagar imponha

o pulso

que melhor

souber sangrar

sobre a faca

das marés;

devagar imprima

o primeiro olhar

sobre o galope molhado

dos animais;

devagar

peça mais

e mais e

mais.


Ana Cristina Cesar, Rio de Janeiro(1952-1983) - Poeta e tradutora, pertenceu à chamada geração mimeógrafo, ou poesia marginal da década de 70.

17 comentários:

  1. Uma poesia profundamente bela!Eu adorei sua escolha!bjs,

    ResponderExcluir
  2. Anne, seja bem-vinda! Que bom que você gostou!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Bela lembrança de uma época poética nossa um tanto quanto esquecida... Muito prazer em conhecer: adorei "Coração Fenda" e a proposta geral do seu espaço! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dilberto, seja bem-vindo!
      O 'mínimo ajuste' é um blog coletivo e está
      sempre de braços abertos a todos que nos visitarem.
      É verdade o que disseste sobre a década de 70, uma época que nos legou muitas transformações, muito rica culturalmente,
      cheia de questionamentos e que hoje quase
      não é lembrada, lamentavelmente!?

      grande abraço

      Excluir
  4. devagar imponha

    o pulso

    que melhor

    souber sangrar

    sobre a faca

    das marés;

    Coisa maravilhosa, Ci! Onde fica tua biblioteca? Quero assaltar! rsrs Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ahahahaaa, sabe onde ela "mora"? Na minha curiosidade
    que é o que me salva das intempéries da vida :)
    Sou uma andarilha das letras que me fazem sonhar e resistir ao abismo!

    beijossss

    ResponderExcluir
  6. Não há como não se aportar por aqui!!

    Esta blogosfera nos apresente surpresas maravilhosas com pessoas ímpares.

    Amei seu blog. Não Conhecia a Ana Cristina, poetiza.
    Saio daqui mais rica.

    Um final de semana de paz a vc!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente, Ma Ferreira, você também faz
      parte dessas surpresas maravilhosas :)
      O blog é coletivo e abarca os mais variados
      assuntos. Ficamos felizes com sua visita,
      obrigada por tão amável comentário.

      um bom final de semana

      Excluir
  7. Olá !!!

    Belíssima escolha para compartilhar conosco !
    Adoro poemas intensos e que nos fazem refletir a cada linha que lemos e este sem dúvidas é um destes textos que nos envolvem, além de muito bonito ! Adorei !

    Um beijo e que seu fim de semana seja ótimo ! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo, Samanta, refletir é sempre muito bom, fico feliz quando encontro outras pessoas que gostam de poesia!

      bom final de semana!

      beijo

      Excluir
  8. Das redundâncias: Adorei.
    Só pra constar.
    beijos
    inté.

    ResponderExcluir
  9. Grata pela visita, "Ser em construção"

    beijo

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Obrigada, "saboracasa": pelo comentário e
      pela visita!

      Excluir
  11. desconhecia esta marginalidade, obrigada pela partilha

    beijo
    LauraAlberto

    ResponderExcluir
  12. Eu que agradeço por sua visita, Laura.
    Seja bem-vinda!

    beijo

    ResponderExcluir