sexta-feira, 28 de outubro de 2011

AQUI



imagem google


Aqui,
onde havia mudas de lírios
Soam poemas em La sustenido
Sobrevoam ecos em delírios

Criados dos afáveis olores
Dos gemidos dos sons de amores
Entre pássaros, estrelas e flores
Há o aroma dos lírios sem cores

Aqui,
no campo onde eles surgiam
Eu te esperava e tu fugias. Aqui.
brindo em traje à rigor,de lis a flor
de todos os amores em Mi menor.
menor que os sem cores lírios
que levaste contigo. Planto depois
o eco dos sons de nós dois.
Aqui.

8 comentários:

  1. O painel do Blog está lindo.

    Este poema está maravilhoso, musical, suave, u encanto.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Mirze que poema maravilhoso! Eu adoro lírios, notas, música! Esse poema é uma música em forma de verso, uma delícia. Obrigada sempre.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Aqui... encontrei a beleza dos lirios, a melodia dos sons, a flor de todos os amores!...:)

    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  4. Aclim. Luiza, A.S. e Tânia!

    Obrigada a todos pelo carinho!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  5. Ei, tem selinho p vc no meu blog ;)
    http://letmego-monnie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Obrigada! Passarei lá!

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir